• Como faço para trabalhar na Microsoft?

    by  • September 12, 2013 • Microsoft, Português • 2 Comments

    Hoje eu e o Vinicius Souza vamos palestrar na PUC Campinas sobre o futuro da tecnologia e como a plataforma Microsoft ajuda pessoas e empresas a realizarem seu verdadeiro potencial.

    O Vinicius preparou uma apresentação bem legal que ele vai compartilhar no blog dele em http://viniciussouza.azurewebsites.net/.

    Eu vou contar um pouquinho da minha história, já que sou ex-aluno do curso de Analise de Sistemas da PUC (depois eu conto aqui no blog), e também convidar as pessoas para entrar nessa empresa fantástica que é a Microsoft.

    Mas então, como alguém consegue entrar na Microsoft?

    Existem várias formas, mas todas elas passando por um rigoroso processo de seleção (eu mesmo passei por umas 7 entrevistas), e a entrevista vai depender de que área você está aplicando e etc, mas o fundamental, primeiro, é conseguir a entrevista.

    E como consigo participar de uma entrevista?

    Se você ainda está estudando ou acabou de ser formar, a melhor forma é participar do programa de seleção de estágios da Microsoft. Para saber mais entre em http://www.microsoft.com/brasil/estagio/.

    Se você já tem alguma (ou muita) experiência, a melhor forma é identificar em qual vaga você quer aplicar através do site http://careers.microsoft.com/careers/pt/br/home.aspx.

    Um ponto fundamental que você já deve ter ouvido falar é o famoso QI, ou “Quem Indica”. Receber uma indicação de alguém que já trabalha na Microsoft e conhece o seu trabalho pode ajudar absurdamente. Eu entrei por indicação e várias outras pessoas que conheço também.

    Se você é da área técnica, uma boa forma de se fazer conhecido é trabalhar em algum parceiro Microsoft e criar um relacionamento com as pessoas da Microsoft (importante: é claro que a Microsoft não fica contratando pessoas de empresas parceiras sem o devido concentimento do parceiro, então se você for trabalhar em um parceiro, já avise seu chefe sobre seus objetivos futuros e não esconda nada entre seu chefe e a Microsoft).

    Uma outra forma é possuindo uma participação ativa na comunidade, por exemplo mantendo um blog sobre tecnologias Microsoft, escrevendo artigos para revistas, fazendo palestras, vídeos e etc. Esse post do Fabio Hara explica um pouco mais sobre isso: http://www.fabiohara.com.br/2013/09/04/que-tal-participar-da-comunidade-tecnica-microsoft/.

    Abraços e sucesso na sua carreira,

    Vitor Ciaramella

    PS: Em breve terei grandes novidades para compartilhar com vocês.

    Me adicione na sua rede de contatos, vai que eu serei o cara que pode te indicar :-)
    http://twitter.com/vitorcia
    http://www.linkedin.com/in/vitorciaramella

    2 Responses to Como faço para trabalhar na Microsoft?

    1. September 19, 2013 at 2:07 pm

      Pergunta que recebi no LinkedIn:

      Caro Vitor, boa tarde!
      Você consegue me dar um overview sobre UX e Usabilidade na Microsoft? Tipo investimento na área, time e estrutura.
      Tenho vontade de submeter meu CV para uma possivel vaga.
      Obrigado, abraço
      Ricardo

      Minha resposta:

      Oi Ricardo,

      Na Corp (como chamamos a Microsoft nos EUA) existem diversos papéis e vagas relacionadas a UX. Lá, UX designers estão presentes em praticamente todos os times de produtos e tem times só de UX também para criar novos padrões e conceitos.

      Aqui no Brasil, o único time que conheço que trabalha com UX é o dos Technical Evangelists.
      Como o time é pequeno (8 pessoas, 2 de infra e 6 de dev) cada evangelista de desenvolvimento tem que conhecer um pouco de UX, alguns se especializam mais, outros menos, mas não temos uma pessoa que só trabalha com UX.

      Para procurar vagas de UX e outros entre em http://careers.microsoft.com.

      Abs,

      Vitor Ciaramella

    2. September 19, 2013 at 2:37 pm

      Outra pergunta que recebi, desta vez do Cristian.

      Vitor, boa tarde. Sou desenvolvedor de software e o post que você escreveu http://www.vic.ms/microsoft/como-faco-para-trabalhar-na-microsoft/ foi bem bacana. Acabei de lê-lo e de fato conseguir a primeira entrevista realmente é difícil. Mas quais o requisitos para consegui-la?
      Como sou da área técnica, teria que ter certificações atualizadas? Quais as opções para área técnica temos no Brasil? Serviços e consultorias?
      O meu currículo precisa estar em um formato específico?
      Abraços

      Minha resposta:

      Oi Cristian,

      Como disse no post, o QI (quem indica) é fundamental. Imagine que a Microsoft deva receber milhares de curriculos por semana e deve ser difícil o seu (ou qualquer currículo de outra pessoa) se destacar dentre esses milhares. Isso ocorre em qualquer grande empresa. O currículo não precisa estar em um formato específico não, mas destaque suas competências, conhecimentos técnicos e experiência.

      Tente criar contado com pessoas da Microsoft em eventos, palestras e nas redes sociais. Existem grupos no LinkedIn e Facebook sobre desenvolvimento para Windows 8, Windows Phone e Windows Azure e Infraestrutura também.

      Agora não vai adiantar simplesmente chegar para alguém que não te conhece mas trabalha na Microsoft e pedir uma indicação. Mostre seu interesse genuíno e principalmente o seu trabalho. Como escrevi no post, participar da comunidade técnica blogando, fazendo vídeos, dando palestras e etc vão dar visibilidade do seu trabalho. Para quem não gosta de dar palestras e etc, uma ideia é escrever artigos técnicos no blog e revistas mostrando como você resolveu problemas técnicos em projetos que você tem trabalhado, por exemplo.

      Sobre certificações, elas ajudam sim. É claro que a certificação só não adianta. Você tem que conhecer de verdade aquele assunto, mas a certificação ajuda a te destacar. Eu tenho tirado praticamente todas as certificações de dev desde o .NET 1.1 e elas me ajudaram muito em várias etapas da minha carreira, inclusive dentro da Microsoft.

      Sobre as opções, eu conheço pelo menos 4:
      -Consultoria: A Microsoft oferece um serviço de consultoria de arquitetura, desenvolvimento, segurança e muito mais para grandes clientes como bancos, seguradoras, empresas de energia, mídia e etc. Dentro da consultoria uma pessoa técnica pode ser desenvolvedor ou arquiteto (até onde eu sei).
      -Suporte: A Microsoft também tem um serviço de suporte premium para grandes clientes. O PFE (Premium Field Engineer) é um especialista técnico que resolve problemas críticos dos clientes e também faz planejamento e correções preventivas.
      -Evangelismo: Eu trabalho num time de evangelistas, cuja missão é divulgar a plataforma Microsoft através do conhecimento técnico e ajudando parceiros, clientes e a comunidade técnica a desenvolver aplicativos e serviços na nossa plataforma.
      -Desenvolvimento: Existem alguns times de desenvolvimento de produtos aqui no Brasil, incluindo o Dynamics (o ERP e CRM da Microsoft) e Bing. Aqui também tem posições de desenvolvedor e testador (que é basicamente um desenvolvedor de testes automatizados).

      Abs,

      Vitor Ciaramella

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *